domingo, 6 de julho de 2014

Mutações

De ausências me faço neste momento.
Ausência de mim... de ti, de tudo.
Uma constante angústia corroendo o estômago.
O que fazer? Pra onde correr? O que gritar?
Quero gritar... mas não sei o quê.
Tanta falta de algo que nem sei o que é.
Cansei de me enganar.
Transfiguro-me novamente. Existo em outro ser.
Tento transformar...
Postar um comentário