terça-feira, 26 de novembro de 2013

Confesso

Ah... a palavra delícia deveria começar com a letra L só para eu poder escrever Lêlícia... rs.
Cada curva consegue ser  mais perfeita que a outra. Em seu olhar pode-se afogar sem nem mesmo perceber o encontro, o cruzar de olhos. A simples lembranças de seus lábios pintados em Carmim faz perder o fôlego e o coração palpitar. Sua imagem, iluminada por baixo dos panos de tua saia, pernas, quadril, cintura, inteira. Ah beijaria cada centímetro de suas costas. E morderia de leve seu pescoço.
E me perderia em meio às suas madeixas... Cheias de encanto. Me embriagaria em seu perfume e lutaria contra o sono todas as noites para poder observar você. Que Lelícia... rs. Só de imaginar me seca a boca e perco a noção até mesmo de onde estou. Daria tudo para ter-lhe em meus braços. Até mesmo minhas palavras... Que insistem em desaparecer ao te encontrar.


Postar um comentário