terça-feira, 13 de março de 2012

À Quem Possa Interessar

Há quem diga por aí que minha estrela adormeceu,
Meus olhos se apagaram e minha melodia não se ouve mais.
Já não ando mais em festas, já não me chamam mais poeta
E minha mente não está em paz.
Para estas pessoas tenho algo a declarar.
Não pensem que minha estrela deixou de brilhar
Ou que simplesmente deixei de sonhar.
Saibam vocês, todos vocês,
No momento em que me encontro, sonhos não são distantes, são projetos.
Saibam que minha voz agora se expressa em outro tom,
E meus devaneios se tornam realidade todos os dias.
E a cada novo dia meu brilho ganha mais força,
os sonhos/projetos tornam-se ato e efeito,
Realidade calculada, programada e direcionada.
Não se enganem quando não encontrarem minhas groselhas
Sendo ditas com a língua meio enrolada entre copos e gargalhadas
Na madrugada de uma cidade qualquer...
Isso não quer dizer que deixei de ser feliz
Ou de brilhar, como preferem chamar.
Apenas deixo de ser menina e me torno guerreira, realizadora e realizada,
Amante e amada, casada, feliz, MULHER.

Postar um comentário