terça-feira, 27 de julho de 2010

Momentos












Um rio irá correr,
Por cima de mesas e armários,
Um rio de lágrimas.


Não tento te esquecer,
De nada irá valer,
Não vale nada.


Eu sem você,
Fogueira de cinzas, 
Apenas um rio a correr
Um rio de lágrimas.




A chama sabe acender,
E meu corpo querer você,
Em cima de camas e tapetes
Sem nada.
Postar um comentário