quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Momento de introspecção…expansão perceptiva e observação!!!

Há momentos em que nos recolhemos dentro de nós mesmos.

Há momentos em que tudo o que é externo a nossa mente nos parece errado.

Em alguns momentos queremos praticamente nos auto-embrionar (se é que existe essa palavra…rs)

Estou assim…

Dentro de mim…

Querendo sentir apenas o meu mundo…e mais nada.

Querendo mapear meu ser.

Nesses momentos, fico chata…

Brigo com todos que, simplesmente, olham para mim.

Me isolo a todo instante.

E não é maldade, ou antipatia.

Às vezes fico antisocial.

Meu isolamento é fruto do meu autoconhecimento

Do meu ato de conhecimento.

Preciso me entender, para entender o mundo

Preciso aceitar o meu único [ser], para aceitar o todo.

Tenho que viver meus transtornos.

E para não transtornar ninguém,

Tento ficar quietinha no meu canto.

Como um bichinho assustado tentando esconder-se num buraquinho.

Mas parece que o mundo insiste em me rodear…

[Como se fosse possível não ser rodeada pelo mundo]

Parece que quando tento me isolar, as pessoas tentam aproximar-se.

Entendam todos…

[é uma súplica]

Quando me isolo, não é por algo ou alguém.

É apenas por mim.

Só por mim!

Apenas para poder continuar.

Após esse meu momento…

Eu volto a socializar.

Apenas me deixem sozinha comigo mesma.

E tem gente que chama isso de TPM.

Só se for: Tentando Parar o Mundo

Postar um comentário