quarta-feira, 24 de fevereiro de 2010

Momento de introspecção…expansão perceptiva e observação!!!

Há momentos em que nos recolhemos dentro de nós mesmos.

Há momentos em que tudo o que é externo a nossa mente nos parece errado.

Em alguns momentos queremos praticamente nos auto-embrionar (se é que existe essa palavra…rs)

Estou assim…

Dentro de mim…

Querendo sentir apenas o meu mundo…e mais nada.

Querendo mapear meu ser.

Nesses momentos, fico chata…

Brigo com todos que, simplesmente, olham para mim.

Me isolo a todo instante.

E não é maldade, ou antipatia.

Às vezes fico antisocial.

Meu isolamento é fruto do meu autoconhecimento

Do meu ato de conhecimento.

Preciso me entender, para entender o mundo

Preciso aceitar o meu único [ser], para aceitar o todo.

Tenho que viver meus transtornos.

E para não transtornar ninguém,

Tento ficar quietinha no meu canto.

Como um bichinho assustado tentando esconder-se num buraquinho.

Mas parece que o mundo insiste em me rodear…

[Como se fosse possível não ser rodeada pelo mundo]

Parece que quando tento me isolar, as pessoas tentam aproximar-se.

Entendam todos…

[é uma súplica]

Quando me isolo, não é por algo ou alguém.

É apenas por mim.

Só por mim!

Apenas para poder continuar.

Após esse meu momento…

Eu volto a socializar.

Apenas me deixem sozinha comigo mesma.

E tem gente que chama isso de TPM.

Só se for: Tentando Parar o Mundo

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Irei postar algumas dicas de educação ambiental que encontrei num site muito bom. As dicas ficarão separadas por categorias.


Todos podem contribuir na luta contra o aquecimento global. Veja como logo abaixo. Para mais informações sobre a campanha acesse o site www.brasil2020.com.br. 

Hábitos alimentares

1. Tampe suas panelas enquanto cozinha
Ao tampar as panelas enquanto cozinha você aproveita o calor que simplesmente se perderia no ar.
2. Aprenda a cozinha em panela de pressão
Dá pra cozinhar tudo em panela de pressão: feijão, arroz, macarrão, carne, peixe etc. Muito mais rápido e economizando 70% de gás.

3. Cozinhe com fogo mínimo
Por mais que você aumente o fogo, sua comida não vai cozinhar mais depressa, pois a água não ultrapassa 100ºC em uma panela comum.

4. Coma menos carne vermelha
A criação de bovinos é um dos maiores responsáveis pelo efeito estufa, principalmente pela grande produção de metano. Além disso, a produção de carne vermelha demanda uma quantidade enorme de água. Para produzir 1kg de carne vermelha são necessários 200 litros de água potável. O mesmo quilo de frango só consome 10 litros.

5. Compre alimentos produzidos na sua região
Além de economizar combustível, você incentiva o crescimento da sua comunidade, bairro ou cidade.

6. Compre alimentos frescos ao invés de congelados
Comida congelada, além de mais cara, consome até 10 vezes mais energia para ser produzida.

7. Compre orgânicos
Por enquanto, alimentos orgânicos são um pouco mais caros pois a demanda ainda é pequena no Brasil. Mas, além de não usar agrotóxicos, os orgânicos respeitam os ciclos de vida de animais, insetos e ainda absorvem mais gás carbônico da atmosfera que a agricultura “tradicional”. Se toda a produção de soja e milho dos EUA fosse orgânica, cerca de 240 bilhões de quilos de gás carbônico seriam removidos da atmosfera. Incentive o comércio de orgânicos para que os preços possam cair.

8. Não peça comida para viagem
Se você já foi até o restaurante ou à lanchonete, que tal sentar um pouco e curtir sua comida ao invés de pedir para viagem? Assim economiza as embalagens de plástico e isopor utilizadas.

9. Freqüente restaurantes naturais/orgânicos
Com o aumento da consciência para a preservação ambiental, uma gama enorme de restaurantes naturais, orgânicos e vegetarianos está se espalhando pelas cidades. Ainda que você não seja vegetariano, experimente os novos sabores que essa onda verde está trazendo e assim estará incentivando o mercado de produtos orgânicos, livres de agrotóxicos e menos agressivos ao meio-ambiente.

segunda-feira, 15 de fevereiro de 2010

Colores
Viva, corra, sonhe...cante...
Seja carnaval
seja esperança é momento de viver
não pense em pensar
Temos 4 dias para ser
simplesmente ser
Não queira pensar
É carnaval!!!
Tudo é permitido
quebramos regras, esquecemos valores
Alguns fingem odiar carnaval
Mesmo amando a falta de valores existente
uma festa q se transforma em...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
...
Alguém conhece alguma definição pro carnaval?
é festa! é vida! é sonho1 é descanso! é paz! é briga! é disputa!
Descrevam com suas próprias palavras o que é afinal o carnaval!
Ganhamos e perdemos
Just be...
Apenas seja!!!
É CARNAVAL!!!!

Carnaval

São trilhões de pensamentos que me passam ao pensar em carnaval...
Não seria possível fazer apenas um escrito para o carnaval...
Frases dispersas...
Just it!!!


Sensações...
Desejos...
Medos...
Amo carnaval...
Viva Argentina...
Viva  Brasil...
Escondam seus rostos e mostrem seus corpos
Vivam
Chorem
É carnaval

terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

Seja autêntico

Ouvi dizer de uma pessoa numa banda que passava na cultura...
"É fácil falar que a rosa é vermelha...todo mundo fala isso...
Não é proibido falar da rosa, mas fale algo autêntico"
Se quiser dizer, diga...mas diga algo que ainda não foi dito!!!!

É fácil falar da loucura alheia...mas tente falar da sua própria loucura as vezes...
Tente analisar outros ângulos do mesmo assunto
Pergunte TUDO sobre o mesmo assunto...
Responda tudo que puder em cada pergunta...
A-N-A-L-I-S-E   C-A-D-A  P-A-L-A-V-R-A
Busque todos os sentidos
Sinta o mundo em vários aspectos
utilize cores diversas
Aprenda novos sintomas
Fale mal do certo e bem do errado, e bem do certo e mal do errado...
simplesmente fale
busque razão e loucura em tudo...
Mas, por favor, não seja estático!!!
Dinamize
A vida é mutável
utilize o seu grande cérebro para algo mais...
crie
polemize
debata
sinta
queira
seja
use
veja
VIVA!!!!!

segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010

domingo, 7 de fevereiro de 2010

Morro do Maluf / Pedra (Guarujá-SP)

Fui no Morro do Maluf outro dia
Que bosta!

De um lado:
As famílias de uns, ouvem as peculiaridades
- Sendo expostas aos gritos -
das famílias dos outros

Enquanto
Do outro lado:
Uma Mata Atlântica
Morre Silênciosa
Querendo socorro!

Na frente temos também:
Nossos Esgotos despejando
Merda nas nossas praias
Criando um verde-azul petróleo lindo...

E atrás, por fim, temos:
Nossa Segurança pública!
Em duplas que fingem não ver,
O que todos fingem não saber.
E que não é mais nada
Do que um fumódromo com segurança armada!!!